Goianésia, GO
Olá - terça, 23 de julho de 2019
 
 
Justiça proíbe Saneago de cobrar por hidrômetro e empresa terá de restituir usuários
mais goias - 02/03/2019
 A Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) será proibida de cobrar a instalação, manutenção, conservação e compra de hidrômetros no estado. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira (1) pelo Ministério Público do Estado de Goiás, em uma ação aprovada pelo juiz Ricardo Teixeira Lemos.

Além disso, a Saneago será obrigada a restituir os valores cobrados indevidamente pela instalação dos medidores, seja na fatura ou adquiridos no mercado, desde 2004, até a data da publicação da sentença.

O juiz condenou a empresa ao pagamento de danos morais coletivos no valor de R$ 5 milhões, a ser revertido ao Fundo Estadual de Defesa do Consumidor. A Saneago deverá custear também a divulgação em meios de comunicação sobre o teor do caso.

Em 2004, uma liminar suspendeu a cobrança de taxas pelos serviços de instalação e manutenção de hidrômetros, mas foi cassada pelo TJ-GO. Agora em julgamento de mérito, o juiz confirmou a liminar, com multa diária de R$ 1 mil em relação a cada cobrança indevida.

 




Espalhe:

http://itaja105.com.br/n/19623




Leia também...

11/07/2019 Fies:pré-selecionados têm até esta sexta (11) para complementar inscrição
09/07/2019 Bolsistas da OVG devem renovar benefício até o dia 31 de Julho
09/07/2019 Pequenos negócios têm até segunda (15) para retornar ao Simples Nacional
05/07/2019 Após ação do MP, juiz determina garantia do direito à meia-entrada na exposição de Goianésia
04/07/2019 Enem terá aplicação digital em 2020 em fase piloto
04/07/2019 Comissão da Previdência se reúne para votar parecer do relator
04/07/2019 Frio intenso chega ao Sul, Sudeste e Centro-Oeste
04/07/2019 Mais de 800 mil pessoas já passaram por Trindade durante Romaria do Divino Pai Eterno